Pages

Novidades

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

[saborearte] Organise sua geladeira para emagrecer

 


Use a geladeira para emagrecer

O sucesso de sua dieta pode depender de dois fatores inusitados: da maneira como você se relaciona com o seu refrigerador e da forma que organiza os alimentos que nele são conservados

Tenha uma geladeira organizada
Por Carlos Amoedo


Ela está ali no canto, parada, como se não representasse perigo algum. Engano seu: a geladeira tanto pode guardar os alimentos certos, que vão ajudá-lo a emagrecer ou a manter o
peso, como ser um ninho de armadilhas irresistíveis, como aquele pavê gelado que jogará para o espaço o seu projeto de ficar sarado. Não sabe como enfrentar o refrigerador e todas as surpresas que ele esconde? A gente ensina a você. Siga as dicas a seguir:

1. Não encha nunca o re­fri­ge­rador. Fartura também é sinal de comilança.  Antes de ir às compras, faça uma lista dos alimentos de que realmente precisa, pensando sempre no seu objetivo de perder peso. Em outras palavras, observe o rótulo dos alimentos com as
calorias antes de levá-los para casa. Isso vai ajudá-lo imensamente!

2. O que os olhos não captam, o estômago pode não sentir falta. Se quiser ter uma geladeira mais apresentável, coloque nela apenas verduras folhosas, legumes, frutas, carnes e laticínios magros. "Desse jeito não há como errar quando quiser comer alimentos menos calóricos e que auxiliem no controle do colesterol e do açúcar no sangue", diz Adriana Ávila, nutricionista da Clínica Vitay Medicina de Emagrecimento e Estética (SP). Mas nesse caso também vale não exagerar na medida. Os produtos podem estragar se não forem consumidos em tempo hábil.

3. Organize melhor a sua ge­la­deira. Assim: as duas pri­meiras prateleiras e a parte superior da por­ta, que têm uma temperatura entre 4ºC e 6ºC, devem receber as carnes, os frios e laticínios (magros, cert­­o?). Os alimentos já preparados e as frutas ficam nas terceira e quarta prateleiras. Na mesma altura, só que na porta, que tem temperatura de 4ºC a 5ºC, você guarda as be­bi­das.  Na gaveta de baixo ficam os legumes e as verduras. A temperatura aí oscila entre 8ºC e 10ºC. O freezer (18ºC negativos) deve abrigar comidas que ficam congeladas até a hora do consumo. Identifique o que está gelado em cada recipiente para não ter de abri-los desnecessariamente.

4. Ao contrário do que mui­tos pensam, colocar congelados no refrigerador pode ser uma saída para comer de uma maneira mais prática sem pecar na dieta. Desde que, claro, vo­cê opte por congelados menos caló­ricos. Para você ter ideia, uma porção in­dividual de uma sopa e carne conge­ladas devem ter, no máximo, cerca de 250 e 390 calorias, respectivamente.

5. Parece patético, mas costuma funcionar. Para não cair na tentação de assaltar a geladeira em períodos de ansiedade, coloque na porta a foto de alguém que tenha o corpo bonito e que sirva de inspiração. Também vale por a sua foto, de corpo inteiro, quando era mais gordinho, que o lembrará de que é bacana ser magro. Agindo assim, você vai se sentir menos idiota do que certas pessoas ao redor do mundo (e elas existem, acredite, nos EUA) que passam corrente e cadeado na geladeira e entregam a chave a alguém de confiança que só a devolverá em momentos de real necessidade. Ou, ainda, que contratam um segurança para ficar na frente do refrigerador, impedindo que ele seja aberto a cada dez minutos ou quando bate a ansiedade. Anos atrás, isso foi moda entre os endinheirados americanos.

6. Para garantir que você não vai comer o que não deve ao abrir a geladeira no impulso, deixe sempre à vista os alimentos menos calóricos, como iogurtes, queijos magros (caso da ricota ou do cottage), além de frutas.

7. Não abra a geladeira se estiver deprimido ou eufórico demais. É nessas condições que costumamos comer tudo que vemos pela frente como uma forma de curar os males da alma ou de nos presentear por algum êxito obtido. Quando bate a ansiedade, a alegria sem fim ou a tristeza, melhor sair para caminhar ou pegar um cinema (sem pipoca ou chocolate, claro!).

8. Descongelou, não congele novamente o alimento, para evitar o risco de contaminação. Se aquele congelado que você guardou para o jantar não estiver em boas condições, há grandes chances de você acionar o disque-pizza. 

9. Ao abrir a geladeira, não fique muito tempo na frente dela. Isso evita que você faça, inconsci­en­­temente, uma revista mais demorada com os olhos, que ge­ral­mente buscam aquela guloseima armazenada  no fundão.

10.Ao chegar em casa com as compras, lave bem os alimentos, desprezando os saquinhos que os embalou no supermercado. As embalagens que vêm de fora podem estar carregadas de bactérias que contaminarão a comida da geladeira. No caso de frutas, verduras e legumes, proteja-as com novas embalagens, como plásticos específicos para envolver alimentos na geladeira. Evitando o contato deles com o ar frio, você mantém a qualidade e a textura por mais tempo. Assim, há mais chances de você ter vontade de devorá-los sem recorrer aos delivery da vida. 

Deixe os alimentos pouco calóricos à frente. As pessoas costumam atacar o que está à mão

11. Ovos são alimentos repletos de proteína, nutriente essencial até para quem faz  dieta. Só não vale fritá-los. "Se quiser conservar os ovos por mais tempo, coloque-os sobre a prateleira e não na porta da geladeira como o habitual, pois na parte interna a temperatura é mais adequada", diz a nutricionista Adriana.

12.  Como a preguiça costuma ser aliada da alimentação desregrada, guarde os alimentos na geladeira de uma maneira que eles possam ser utilizados imediatamente. Por exemplo: mantenha as verduras lavadas e o que for possível, já picado. Uma ótima dica é sempre ter à mão uma cenoura fatiada, que pode ser comida no lanchinho da tarde.

13. Assim como os ovos, as carnes magras são ricas em proteína e, assim, devem constar no cardápio de quem quer emagrecer ou manter o peso. "Como as carnes cruas estragam facilmente, elas devem ser guardadas na gaveta da geladeira, separadas em quantidades que serão consumidas", diz Alessandra Caviglia, nutricionista da academia Companhia Athletica, de São Paulo. "Se quiser conservá-las por mais tempo, coloque-as no freezer, assim como as porções já cozidas, que devem ser muito bem embaladas."

14. Frascos, garrafas ou latas têm de ser  limpos antes de serem colocados no refrigerador. Isso também evita contaminação e uma iminente ligação ao disque-pizza ou à lanchonete da esquina que vende um cheeseburguer maravilhoso.

15. não coloque na porta o te­le­fone de algum delivery. Se achar mais prático pedir comida fora, edite o cardápio oferecido pelos luga­res que entregam os alimentos em casa, ou seja, deixe à vis­ta apenas a relação de pratos pouco calóricos e saudáveis.

16. Carnes já temperadas também facilitam a sua vida na hora que a fome aperta. Uma ma­­neira fácil e saborosa de deixá-las preparadas para irem ao fogo é mariná-las. O método é fácil: coloque a porção de fi­lé (ou pedaços de frango ou postas de peixe) em um saco com azeite, sal, alho, pimenta do reino e ervas e guarde na ge­ladeira.

17. Deixe um suco pronto à vista, inclusive aquele light de pacotinho. Assim que bater o olho nele, vai se lembrar de que está fazendo dieta, sem contar que ele pode ajudar a combater a vontade de comer doce. Isso também vale para a gelatina light, pronta para o consumo imediato.
--

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
Moderadores:

sandrinne2@gmail.com
frida78br@yahoo.com.br



"A verdadeira felicidade é impossível sem verdadeira saúde, e a verdadeira saúde é impossível sem um rigoroso controle da gula".

Mahatma Gandhi
Y! Encontros. É hora de dar uma chance a quem quer te conhecer!

Todas as ofertas dos clubes de compras em um só lugar. Clique aqui.

Y! Ofertas. Conheça e tenha descontos de 50% em suas compras.
.

__,_._,___

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...