Pages

Novidades

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

[saborearte] Tempero mineirocaseiro ( estou repassando)

 

Gente...umas receitinhas básicas para vcs...
 
 

 

 


Tempero mineiro caseiro




Muita gente me pergunta como é o tempero mineiro caseiro que eu uso em várias receitas que posto aqui.

Desde que me entendo por gente me lembro de ver meus pais fazendo esse tempero para usar nas receitas...

Eram baciadas de tempero, vidros e mais vidros que eram dados de presente para os amigos mais chegados que sempre iam comer o frango caipira e a macarronada dos domingos em nossa casa.

Como estou na sessão nostalgia, pois ando com MUITA SAUDADE dos meus velhos, resolvi postar a receita de tempero caseiro que aprendi a fazer quando ainda chupava bico.

Mineiro quase não usa sal puro, já repararam? Eu uso sal puro em pouquíssimos pratos mineiros...
Comida mineira pede um tempero completo!

Meus pais usavam uma máquina de moer carne para processar os temperos. Eu herdei a máquina elétrica que eles tinham mas, ela pesa mais do que eu - e olha que eu não peso pouco!!!!

Prefiro usar um pilão para pequenas porções e o processador, ou mesmo o liquidificador, para porções maiores.
Você pode fazer pequenas porções, para usar durante a semana, como eu, ou fazer porções maiores e guardar na geladeira por até 1 mês.

Para cada tipo de prato eu uso um tipo de tempero. Vou mostrar pra vocês.


Arroz



Para o arroz eu uso somente alho e óleo.
É só processar a quantidade de alho (descascado) que você costuma usar durante a semana com óleo suficiente para cobrir a mistura.
Quando você for fazer o arroz basta usar a quantidade necessária do tempero, sem precisar de óleo ou alho e sem deixar cheiro de alho nas mãos.
Quando quero fazer brócolis ou couve ao alho e óleo também uso esta mistura.

Importante: Essa receita dura, no máximo, 1 semana e PRECISA de geladeira.


Feijão, sopas e receitas que não levam pimenta



Essa é a base para todos os outros temperos.

Para 1 k de sal eu processo:
1/2 maço de cheiro verde lavado e bem seco
1 cebola média, em 4 partes
15 dentes grandes de alho
1 xícara, das de café, de óleo

Basta processar os temperos com o óleo e misturar ao sal.

Eu divido esse tempero base em 3 porções.
Deixo uma como está, uso pimentas na segunda porção e açafrão da terra em outra.
Às vezes, deixo uma quarta porção e coloco ervas desidratadas (alecrim, tomilho, sálvia).


Para carnes, assados, guisados, Maria Isabel, feijoada, feijão tropeiro, etc



Uso uma porção do tempero base e misturo 5 pimentas bode ou cumari do Pará e pimenta do reino a gosto.

Frango caipira, ensopados ou qualquer receita que leve açafrão da terra (cúrcuma)

Basta misturar 1 porção do tempero base com 1 colher, das de sopa, bem cheia de açafrão da terra em pó, 1 colher, das de sobremesa, de pimenta do reino moída na hora e 3 pimentas bode.

As quantidades podem variar de acordo com o gosto pessoal.
Aqui usamos muita pimenta, se você não gostar basta diminuir a quantidade ou mesmo tirar.
Se você gosta de mais alho é só aumentar a quantidade de alho.
Esse tempero com sal dura, em média, 1 semana fora da geladeira, em local seco e fresco ou até 1 mês em geladeira, sempre em um pote muito bem fechado.
Ah! E ele não deixa cheiro na geladeira se estiver bem fechado.

 

--






__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
Moderadores:

sandrinne2@gmail.com
frida78br@yahoo.com.br



"A verdadeira felicidade é impossível sem verdadeira saúde, e a verdadeira saúde é impossível sem um rigoroso controle da gula".

Mahatma Gandhi
Pode ter muita gente especial interessada em você! Deixe te conhecerem!
.

__,_._,___

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...